Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem

Lagunas Altiplanicas 4729 - Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem

O Deserto do Atacama me impressionou com suas paisagens que parecem ser de outro mundo. Localizado no norte do Chile, com cerca de 1000 km de extensão, é considerado o deserto não polar mais seco do mundo, pois chove raramente na região. Grande parte do deserto é composto por areia, terreno pedregoso e lagos de sal.

Eu fiquei 5 dias no Atacama, mais precisamente na cidade de San Pedro de Atacama. Esta é a cidade base para os diversos passeios pelo deserto. Achei 5 dias o suficiente para fazer os principais passeios e os que mais me agradavam, porém, quem ficar mais tempo terá oportunidade de fazer outros passeios oferecidos.

Valle de La Luna 4195 1024x768 - Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem
Igrejinha em San Pedro de Atacama

→ Acompanhe as nossas viagens, dicas e aventuras também pelo Instagram ←

@acumulandoviagens

Você conhece a Loja Viaje Decore?

banner blog - Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem

Na Viaje Decore você encontra produtos de decoração e presentes para apaixonados por viagens, café e vinho. Temos um CUPOM de 15% DE DESCONTO para todos os leitores do blog, é só utilizar o cupom “ACUMULANDO15” ao finalizar a sua compra no Viaje Decore.

Como chegar

Há voos diários saindo de Santiago para Calama pela Latam, em diversos horários. Não há voos diretos de São Paulo para Calama, de qualquer forma terá que fazer conexão. Se decidir parar em Santiago para conhecer a cidade, assim como eu fiz, leia mais no post Santiago do Chile | Dicas para montar o seu roteiro!

Calama fica a uma hora e meia de carro de San Pedro de Atacama. Contratei um transfer com a empresa Licancabur antecipadamente, fiquei com receio de chegar lá e não ter vaga, então preferi fazer a reserva. Para reservar o transfer acesse o site deles aqui. O transfer é realizado em uma van, foi bem tranquilo o percurso, já fui observando o deserto e me aclimatando (acostumando com o clima).

Onde se hospedar

Uma dica aqui é se hospedar próximo a rua principal (Caracoles), pois é lá que ficam os restaurantes, agências de turismo, lojinhas, farmácia e mercadinhos. Se não conseguir se hospedar próximo, verifique se o hotel disponibiliza transporte até esta área da cidade.

Eu fui sozinha para o Chile, na época não era casada, então optei por ficar em um hostel, em quarto compartilhado. No mesmo hostel também há quartos privativos para casais com o banheiro compartilhado. Escolhi o Hostal Campo Base por ser bem avaliado no Trip Advisor e no Booking, e realmente valeu muito a pena, a recepcionista era muito solícita, me ajudou na reserva dos passeios e na escolha deles, o café da manhã era bom e no dia do passeio para o geyser eles disponibilizaram um lanche para levar (já que o passeio é de madrugada).

Não se esqueça de reservar sua hospedagem com antecedência para conseguir o melhor em custo benefício. Em San Pedro encontra-se desde hospedagens para mochileiros até hotéis luxuosos. Clique aqui para ver as diversas opções de hospedagem.

Roteiro Resumido

Dia 01:

Manhã: Voo de Santiago para Calama

Tarde: pesquisar e fechar os passeios dos próximos dias.

Valle de La Luna 4468 300x300 - Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem
Duna onde assistimos ao pôr do sol

 

 

Dia 02:

Manhã: caminhar pela cidade de San Pedro do Atacama

Final da tarde e noite: Valle de La Luna

 

 

 

Lagunas Altiplanicas 4729 300x300 - Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem
Lagunas Altiplanicas

 

 

Dia 03:

Manhã: Lagunas Altiplanicas

Final da tarde e noite: Lagunas Cejar e Tebinquiche

Geysers del Tatio 4832 300x300 - Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem
Geysers del Tatio

 

 

 

Dia 04:

Manhã: Geysers del Tatio

 

 

 

 

Monges de la Pakana4 300x300 - Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem
Monges de La Pakana

 

 

 

Dia 05:

Manhã e tarde: Salar de Tara

Dia 06:

Retorno para o Brasil com conexão em Santiago

Passeios no Deserto do Atacama

Para saber mais detalhes sobre os passeios que realizei, leia nos posts abaixo:

Valle de La Luna e Valle de La Muerte
Lagunas Altiplanicas e Salar do Atacama
Laguna Cejar, Ojos del Salar e Laguna Tebinquiche
Geysers del Tatio
Termas de Puritama | Deserto do Atacama
Lagunas Escondidas de Baltinache | Deserto do Atacama
Salar de Tara | Deserto do Atacama
Experiência Astronômica no Atacama
Como é voar de Low Cost no Chile | Sky Airlines e Jet Smart
Mal de Altitude: Os sintomas e dicas de como amenizar!

O que levar para o Deserto do Atacama

Eu estava com medo de sentir o mal da altitude, então levei um kit completo para tudo o que pudesse acontecer. No final não senti exatamente nada, mas algumas pessoas que conheci sofreram um pouco com o mal da altitude. Os sintomas do mal da altitude poder ser  uma dor de cabeça, combinados com qualquer um ou mais dos seguintes sintomas:

Falta de apetite, náuseas , vômitos. Fadiga ou fraqueza. tonturas ou vertigens.

Calçados confortáveis: em todos os passeios são feitas caminhadas, são todas leves, mas é melhor usar calçados confortáveis como tênis ou calçados de trekking.

Roupa de frio: Leve pelo menos uma jaqueta grossa de frio, uma jaqueta corta vento (eu não tinha na época e sobrevivi, mas se tiver é bom levar), touca (também não tinha e usei a touca da jaqueta) e luvas.

A dica sobre roupas é se vestir por camadas. Eu sempre ia com uma blusinha sem manga, outra blusa de manga por cima e a jaqueta de frio. Durante o dia esquenta, mas a noite faz bastante frio.

Roupa de banho: leve ao menos um biquíni (para as mulheres) ou uma sunga/bermuda (para os homens). Vai precisar usar em alguns passeios para entrar na água.

Kit de sobrevivência da Gabi: colírio, protetor labial, protetor solar, hidratante corporal, soro fisiológico (para o nariz) e remédio para dor de cabeça.

Do meu kit de sobrevivência só usei o protetor labial e protetor solar, os outros itens levei por precaução. De qualquer forma, há farmácia na cidade, onde pode encontrar qualquer um desses itens. Não sei se eu levaria todos eles caso fizesse essa viagem novamente, mas de qualquer forma fica a lista por precaução.

Se você gostou do post ou ficou com alguma dúvida, deixe seu comentário aqui embaixo 😉


Salve a imagem abaixo no seu Pinterest para que possa visualizar o post depois!

deserto atacama - Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem


organize a sua viagem por aqui

Ao realizar uma reserva por algum link do nosso blog recebemos uma pequena comissão, esta comissão não vai aumentar o preço da sua reserva, mas você irá contribuir para a continuarmos a produzir conteúdo bom e gratuito no Blog.





Booking.com

Posted by

Gabriela, paulista, formada em Administração, fotógrafa e apaixonada por viagens. Despertou sua paixão por viagens quando fez seu primeiro intercâmbio de um mês em Toronto no Canadá.

18 thoughts on “Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem

  1. Eu soooooonho com o Atacama! Acho que no ano que vem consigo tirar esse desejo viajante do papel. Vi que você tem mais post de lá. Vou favoritar tudo aqui 🙂

  2. Acabamos de voltar de lá, e seu roteiro foi bem parecido com o nosso. Lendo o post, revivi tudo! Que viagem maravilhosa, uma das minhas preferidas até hoje ❤️

  3. Sempre tive essa dúvida de como chegar, porque quando olho, passagem pra Calama está muito salgada. Você achou tranquilo fazer o transfer?
    Sou doida pra ir!

    1. Olá, realmente o preço é um pouco salgado pra Calama, mas pra chegar lá a melhor forma é de avião mesmo. Eu já vi algumas pessoas que compraram passagem diretamente com as empresas de aviação chilenas, as vezes vale a pena dar uma olhada e ver se realmente compensa. O transfer de Calama p/ San Pedro de Atacama é bem tranquilo e rápido mas é bom reservar com antecedência. O bom é que já vai curtindo o cenário do deserto durante o caminho 😉

  4. Atacama é daqueles destinos que mudam a vida da pessoa! Uma experiência sem igual e paisagens maravilhosas. Uma delícia ler seu post e reviver os momentos dessa viagem. Beijos

  5. Ótimo post! O Atacama vale muito a pena mesmo, na época que fui fiz um roteiro parecido com o seu, mas fiquei menos dias então não fui ao Salar de Tara e aproveitei a tarde do primeiro dia em que cheguei já para o tour do Vale de la Luna 😉

  6. Ta aí um destino que está na minha listinha. Quero muito conhecer o Atacama e com seu post já pude tirar várias dúvidas, muito bacana mesmo! Vou salvar seu post para quando for viajar pra la!! Parabens pelos detalhes!!

  7. Fui para Santiago, mas não consegui combinar a viagem com o Atacama. Eu tenho muitaaaa vontade de conhecer, deve ser incrível! É minha prioridade de viagem na America do Sul! Amei as fotos do post e as dicas

  8. Cada vez que vejo fotos de Atacama fico babando com vontade de conhecer. Mas meu maior receio era como chegar! Se é muito cansativo, etc.. Você fez a reserva de transfer com quanto tempo de antecedência?! Obrigada pelas dicas!

  9. O Atacama é uma pintura, coisa mais linda, está na minha listinha. Meu único receio era a altitude, uns dizem que complicado acostumar, mas vc disse que foi tranquilo, que bom! o kit sobrevivência nem precisou usar, exceto os filtros rs.. assim me deixa mais a vontade a formar uma opinião antes de ir. Os voos para Santiago acho que vale mais a pena né? além de ser mais barato, da pra aproveitar um pouco Santiago tb. bjs

  10. Achei um pacote de viagem super em conta para o Chile de 5 dias e eu fiquei sem saber se dava para fazer todos os passeios. Achei seu post na hora certa kkkk já vou programar minha trip

  11. Atacama é bom demais né!! Quando fui, além desses passeios que você citou, fiz também Piedras Rojas e o Tour Astronômico. Ai, que saudade dessa pintura viva!!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.