Mal de Altitude: Os sintomas e dicas de como amenizar!

mal de altitude - Mal de Altitude: Os sintomas e dicas de como amenizar!




O mal da altitude ocorre quando há um exposição a baixa pressão parcial de oxigênio a altas altitudes. Normalmente ocorre quando estamos em regiões acima dos 2.400m de altitude em relação ao nível do mar.
Fomos para San Pedro do Atacama, em Junho de 2018, localizada a uma altitude de 2.408m. Neste artigo vamos falar sobre os efeitos que sentimos e o que fizemos para amenizar os efeitos do mal de altitude.

→ Acompanhe as nossas viagens, dicas e aventuras também pelo Instagram ←

@acumulandoviagens

O principais sintomas do Mal de Altitude são:

  • Tontura ou vertigens;
  • Falta de Ar ao se esforçar;
  • Enjôo ou Vômitos;
  • Dor de cabeça;
  • Fadiga ou Cansaço;

Como amenizar os sintomas

  • Beba muita água, lembre-se de tomar mais água do que já está acostumado a beber no Brasil;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas, nem mesmo uma cervejinha ou uma taça de vinho;
  • Não comer comidas gordurosas (comidas pesadas), evite também carnes vermelhas. Sua alimentação tem que ser o mais leve possível;
  • Antes de ir para o Atacama, faça algumas caminhadas para melhorar o condicionamento físico, isso vai te ajudar;

Estas foram algumas recomendações que recebemos e seguimos.

Sentido os Efeitos da Altitude

Senti alguns dos efeitos do mal da altitude no passeio para as Lagunas Altiplânicas, localizada a 4.200m de altitude. Ao chegar na Laguna Tuyajto (primeira parada do passeio) e descer do carro, senti uma forte tontura. É estranha a sensação pois parece que você vai apagar, encostei na mureta de proteção da rodovia, comecei a respirar normalmente, relaxando e controlando os efeitos da tontura, após alguns minutos já estava me sentindo bem melhor.

20180620 Passeio Lagunas Altiplanicas cam 96 1024x683 - Mal de Altitude: Os sintomas e dicas de como amenizar!
Laguna Tuyaito

Porém, isso era apenas o começo, ao seguir para a próxima Laguna, o carro estava com todos os vidros fechados com o ar condicionado desligado, o que deixou o ambiente muito abafado, fatores que contribuíram para que eu começasse a me sentir enjoado.

Chegamos na Laguna Miscanti (uma das Lagunas Altiplânicas) e comentei com o nosso guia/motorista que eu estava muito enjoado. Os guias no Atacama são preparados para este tipo de situação, se você começar a passar mal por conta da falta de ar, por exemplo, eles carregam no carro um cilindro de oxigênio para ajudar nessas situações. Este não era o meu caso, o guia rapidamente me deu folha de coca e falou para que eu mastigasse que logo melhoraria, e foi o que fiz, pouco tempo depois estava me sentindo bem melhor.

20180620 Passeio Lagunas Altiplanicas cam 220 1024x683 - Mal de Altitude: Os sintomas e dicas de como amenizar!
Laguna Miscanti (Lagunas Altiplânicas)

Após esse passeio para as Lagunas Altiplânicas, comecei a tomar chá de folha de coca e, também, mastigar as folhas. Esta foi a forma que achei melhor para não ter mais esta sensação desconfortável que havia sentido, pois precisava me preparar para a Bolívia, iriamos subir para os 5.000m de altitude.

Cheguei a comprar também, por indicação do responsável pelo hostel em que estávamos hospedados, a  chachacoma, uma planta medicinal que os locais costumam fazer chá para combater os sintomas do mal da altitude, que dizem ser ainda mais forte do que a coca. Porém, não foi preciso fazer o chá de chachacoma, pois as folhas de coca e o chá de coca já estavam me ajudando.

Nosso Kit de Emergência

  • Colírio para os olhos em caso de ressecamento;
  • Remédio para dor de cabeça;
  • Soro fisiológico para o nariz;
  • Protetor labial, este foi um dos itens que mais utilizamos;

O que fizemos de errado foi fazer primeiro o passeio para as Lagunas Altiplânicas, devido ser um dos passeios onde a altitude é bem elevada. Deveríamos primeiro ter feito um processo de adaptação ao novo ambiente de altitude,  ter iniciado com os passeios que são mais tranquilos, pois estão um pouco acima ou ao mesmo nível da cidade de San Pedro do Atacama, assim consegue se adaptar com a altitude, como por exemplo os passeios para as Lagunas Escondidas, Valle de la Luna e Valle de La Muerte. Seguindo as recomendações de se alimentar e hidratar corretamente você estará assim evitando ter o mal de altitude.

 

Deixe o seu comentário no final deste post, caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o mal de altitude.

 


Você também vai gostar de ler:

Deserto do Atacama | Roteiro e dicas para planejar sua viagem
Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas | Deserto do Atacama
Termas de Puritama | Deserto do Atacama
Lagunas Escondidas de Baltinache | Deserto do Atacama
Salar de Tara | Deserto do Atacama
Geysers del Tatio | Deserto do Atacama
Laguna Cejar, Ojos del Salar e Laguna Tebinquiche | Deserto do Atacama
Valle de La Luna e Valle de La Muerte | Deserto do Atacama
Experiência Astronômica no Atacama
Como é voar de Low Cost no Chile | Sky Airlines e Jet Smart

organize a sua viagem por aqui

Ao realizar uma reserva por algum link do nosso blog recebemos uma pequena comissão, esta comissão não vai aumentar o preço da sua reserva, mas você irá contribuir para a continuarmos a produzir conteúdo bom e gratuito no Blog.







Booking.com

Posted by

Rafael, Mogiano, Engenheiro de Computação e Ciclista, despertou a paixão por viagens quando conheceu a Gabi. Sua primeira viagem internacional e a primeira vez que voou de avião foi para fazer um intercâmbio no Canadá, na cidade de Vancouver .

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.