O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso

o que fazer em cananeia e ilha do cardoso



Visitamos Cananeia e a Ilha do Cardoso no feriado de aniversário da cidade de São Paulo (25/01) em 2018. E neste post vamos compartilhar o que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso, mostrando o que fizemos nestes quatro dias na cidade.

No início do ano estávamos procurando um destino com baixo custo, no litoral, tranquilo e ainda por cima para visitar em janeiro, alta temporada, então decidimos conhecer um pouco do litoral sul para descansar e tomar um banho de água salgada.

Cananeia, localizada a 280 Km da capital paulista e a 215 Km de Curitiba, é uma cidade pequena, tranquila com um centro histórico charmoso mas sem praia. É uma cidade tranquila e barata para usar como base para conhecer a Ilha do Cardoso e a Ilha Comprida.

A Ilha do Cardoso, com acesso apenas por barcos/lanchas, é uma ilha muito tranquila para quem busca sossego e deseja se desligar completamente por alguns dias. Na ilha não possui energia elétrica mas as pousadas, casas de moradores e restaurantes possuem energia solar e algumas pousadas também possuem gerador.

→ Acompanhe as nossas viagens, dicas e aventuras também pelo Instagram ←

@acumulandoviagens

Roteiro Resumido

Dia 01: Cananéia/Cachoeira Rio das Minas

Dia 02: Passeio Praia do Pereirinha/Ilha do Cardoso

Dia 03: Passeio Marujá/Ilha do Cardoso

Dia 04: Caverna do Diabo/Eldorado

20180125 Cananeia Drone 40 1024x767 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Ilha do Cardoso/Foto: Rafael Cardoso

Você conhece a Loja Viaje Decore?

banner blog - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso

Na Viaje Decore você encontra produtos de decoração e presentes para apaixonados por viagens, café e vinho. Temos um CUPOM de 15% DE DESCONTO para todos os leitores do blog, é só utilizar o cupom “ACUMULANDO15” ao finalizar a sua compra no Viaje Decore.

 

O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso

Centro Histórico de Cananeia

O centro histórico é muito charmoso com suas casas coloridas e a Igreja de São João Batista, fundada em 1577. Possui diversas opções de restaurantes, bares e, também, é de onde sai a balsa para a Ilha Comprida e os passeios de barco para a Ilha do Cardoso.

20180126 090605 1024x768 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Centro Histórico de Cananéia/Foto: Gabriela Rodrigues
20180126 090645 768x1024 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Centro Histórico de Cananéia/Foto: Gabriela Rodrigues

Cachoeira Rio das Minas

Um pouquinho distante de Cananéia, a 30 Km do centro, está localizada a Cachoeira Rio das Minas. Se você estiver hospedado no centro de Cananeia, precisará atravessar de balsa para o continente, seguir até Itapitangui e depois seguir por uma estrada não pavimentada até a cachoeira. Há placas indicativas durante todo o caminho.

A cachoeira fica numa propriedade privada, onde há um restaurante com comida a vontade por R$35,00 por pessoa e é cobrado uma taxa de R$10,00 para visitar a cachoeira.

20180125 Cachoeira Rio das Minas 3 1024x768 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Cachoeira Rio das Minas/Foto: Gabriela Rodrigues

Um guia do local nos acompanhou por uma pequena trilha até a cachoeira, a trilha é bem fácil até chegar a parte onde é necessário atravessar o rio segurando uma corda e pisando entre as pedras. Nós estávamos de chinelos e preferimos tirar para não escorregar, mas o ideal seria atravessar de tênis.

Depois de atravessar o rio, continuamos por poucos metros por uma trilha e chegamos na cachoeira.

20180125 Cachoeira Rio das Minas 23 Editar 1 773x1024 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Cachoeira Rio das Minas/Foto: Rafael Cardoso

Praia do Pereirinha

Do centro de Cananéia todos os dias saem barcos/lanchas de passeios para a Praia do Pereirinha. A praia fica bem próximo de Cananéia, a lancha pára no meio do caminho para podermos ver os golfinhos em seus habitat natural, mas logo segue viagem até a praia. Depois de 20 minutos de lancha, chega-se a uma extensa faixa de areia, a Praia do Pereirinha. No local possui alguns restaurantes, cadeiras e guarda sol cobrados a parte, ducha com água de cachoeira e sanitários.

20180126 091314 1024x768 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Local de onde saem as lanchas para os passeios no centro de Cananéia/Foto: Gabriela Rodrigues
20180126 0944400 1024x748 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
golfinho/Foto: Gabriela Rodrigues

A praia tem estrutura para passar o dia, sem contar que a temperatura da água é bem agradável, o mar muito calmo, praticamente sem ondas e é muito legal ver os botos nadando e pulando no mar. O difícil é ser rápido o suficiente para conseguir fotografá-los.

20180125 Cananéia 58 768x1024 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Praia do Pereirinha – encontro da água do mar com o rio/Foto: Rafael Cardoso

Também é possível fazer uma trilha de 1h a 1h30 para conhecer melhor a ilha, é cobrado um valor a parte por guias locais.

20180125 Cananéia 68 1024x768 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Praia do Pereirinha – rio/Foto: Rafael Cardoso

O que gostamos deste passeio foi a liberdade de escolha do horário de retorno. Como a praia do Pereirinha é próxima de Cananeia, o piloteiro leva uma turma e depois volta para a cidade esperando juntar mais pessoas para levar até a praia. Então logo quando desembarcamos, nós combinamos um horário para retorno. Anote o nome da lancha e aguarde no local de embarque/desembarque no horário combinado para o retorno.

20180125 Cananéia 122 1024x768 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Praia do Pereirinha/Foto: Rafael Cardoso

Valor do passeio: R$40,00 por pessoa (no mínimo 4 pessoas na lancha)

Marujá/Ilha do Cardoso

As lanchas de passeio para o Marujá também saem do centro de Cananéia no período da manhã. A primeira parada do passeio é para fazer uma trilha para chegar na Cachoeira Grande. A trilha não é muito longa, mas também não achei tão fácil pelo fato de ter chovido nos dias anteriores e ter muita lama, lugares escorregadios. Durante a trilha possui bastante subidas e descidas, mas o pior é realmente alguns lugares mais escorregadios. Depois de 25 minutos caminhando, chegamos na Cachoeira Grande. Ficamos em torno de 20 minutos no local, alguns aproveitaram para tomar um banho de cachoeira e outros, como eu, ficaram esperando para voltar pela trilha e retornar para a lancha.

20180125 Cananéia 163 1024x768 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Passeio de lancha/Foto: Gabriela Rodrigues
20180125 Cananéia 6 768x1024 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Cachoeira Grande/Foto: Gabriela Rodrigues

Voltando para a lancha, seguimos o passeio até a Cidade Fantasma, uma cidade abandonada que hoje há apenas um morador. Lá ainda pode ver a igreja, algumas casas de moradores e o cemitério. A verdade é que não achamos assim tão abandonada, vimos algumas pessoas por lá, roupas nos varais, casas que não pareciam estar abandonadas. Próximo a igreja tinha uma casa sem portas e janelas com várias garrafas de bebidas alcoólicas vazias que não pareciam estar lá há tanto tempo. Ou seja, se puder não incluir esta parte do passeio no seu roteiro, não irá perder nada.

20180125 Cananéia 157 1 1024x768 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Igreja da Cidade Fantasma/Foto:Gabriela Rodrigues

Saindo da Cidade Fantasma, fomos até Ariri, onde há um restaurante que poderíamos parar para almoçar, mas todos na lancha acharam melhor almoçar no Marujá, então nós seguimos viagem.

Marujá

A última parada do passeio foi, enfim, o Marujá. Lá mesmo compramos algumas cervejas e fomos em direção a praia. Antes de conhecer o local eu tinha a impressão que os restaurantes ficavam na praia, mas não ficam, é necessário fazer uma pequena caminhada de uns 10 minutos para chegar na praia. Então para aproveitar melhor, o ideal seria levar um isopor ou alguma mochila térmica para colocar as cervejas e também levar alguns petiscos.

20180125 Cananéia 159 1 1024x768 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Marujá/Foto: Gabriela Rodrigues

A praia tem uma extensa faixa de areia, a água estava com uma temperatura bem agradável e possui ondas.

20180125 Cananeia Drone 1 1024x767 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Praia do Marujá/Foto: Rafael Cardoso
20180125 Cananeia Drone 36 1024x767 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Ilha do Cardoso/Foto: Rafael Cardoso

Valor do passeio: R$120,00 por pessoa (no mínimo 6 pessoas na lancha)

Guarda sol e duas cadeiras: R$20,00

Onde comer em Cananéia e Ilha do Cardoso

O Casarão – Bar e Petiscaria

O Restaurante Casarão, localizado no centro histórico de Cananéia, foi o melhor restaurante que conhecemos na cidade. Fomos duas vezes e em ambas provamos diferentes lanches, sendo que o melhor foi o lanche de costela que acompanha batata rústica e serve duas pessoas não famintas.

Gastamos R$65,00 (casal) em dois lanches e dois refrigerantes em lata

Restaurante Miramar

Localizado ao lado do Casarão, nós pedimos uma porção de isca de peixe e cerveja para um casal. O petisco estava bom e o preço é muito honesto.

Gastamos R$65,00 (casal)

Restaurante Porto Camarão

Localizado um pouco distante do centro histórico, na Av. Independencia, foi o primeiro restaurante que conhecemos na cidade. A comida é caseira, saborosa, os pratos são bem servidos, bom atendimento e bom preço.

Gastamos R$71,00 (casal) em dois pratos individuais e um refrigerante em lata.

Restaurante Abrigo da Ilha

Restaurante localizado no Marujá, na Ilha do Cardoso, foi nossa opção de almoço na ilha. No dia havia duas opções de pratos, peixe a milanesa ou cação ao molho com os acompanhamentos (arroz, feijão, salada e macarrão alho e óleo). Estava tudo delicioso, comida caseira, simples mas parecia que eu estava comendo aquela comidinha de vó. O preço é muito honesto e atendimento muito simpático dos donos da pousada e restaurante.

Gastamos R$70,00 o casal

“Ostras”

Não deixe de provar ostra em algum dos restaurantes na cidade. O preço é excelente e a ostra com sal e um limãozinho é deliciosa. Eu já tinha provado ostra e São Paulo e não gostei, mas provamos em um local no meio da estrada para a Cachoeira Rio das Minas que estava delicioso, inclusive provamos ostra gratinada e bolinho de mandioca recheado com ostra. Mas a ostra in natura foi a melhor 😉

O preço da ostra in natura em média é R$20,00 a dúzia e gratinada R$25,00 a dúzia.

20180125 174007 768x1024 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Ostra in natura/Foto: Gabriela Rodrigues
20180125 180807 768x1024 - O que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso
Ostra gratinada/Foto: Gabriela Rodrigues

Quanto custa viajar para Cananeia e Ilha do Cardoso

Hospedagem (3 diárias – casal): R$510,00

Passeios: R$427,90 (incluindo as entradas para a Caverna do Diabo/Eldorado)

Refeições: R$565,90

Gasolina: R$244,00

Custo Total: R$1.747,80 para o casal em um feriado de 4 dias
*valores de Janeiro/2018

Qual a nossa opinião pessoal sobre Cananeia e Ilha do Cardoso

Na nossa opinião, não achamos nada bonito, as praias do Marujá e Pereirinha não são bonitas, mas são limpas e tranquilas. No geral nós achamos que Cananéia e a Ilha do Cardoso são lugares para relaxar, fugir da muvuca por um baixo custo no litoral paulista. Se você está com expectativa de relaxar e não quer gastar muito, é uma boa opção de viagem. Mas se você quer conhecer um lugar com águas claras, uma praia brasileira linda, com hospedagens luxuosas e restaurantes badalados, este não é o lugar ideal pra você.

Planejando sua viagem e ainda ficou com alguma dúvida sobre o que fazer em Cananeia e Ilha do Cardoso? Deixe sua pergunta nos comentários abaixo 😉


Você também vai gostar de ler:

Conhecendo a Caverna do Diabo

10 dicas para você tirar boas fotos de viagem

10 Parques em São Paulo para curtir o verde em meio a selva de pedra

10 lugares para conhecer em São Paulo

Um dia em Holambra-SP | Um pedacinho da Holanda no Brasil!!!

organize a sua viagem por aqui

Ao realizar uma reserva por algum link do nosso blog recebemos uma pequena comissão, esta comissão não vai aumentar o preço da sua reserva, mas você irá contribuir para a continuarmos a produzir conteúdo bom e gratuito no Blog.





Booking.com

 

Posted by

Gabriela, paulista, formada em Administração, fotógrafa e apaixonada por viagens. Despertou sua paixão por viagens quando fez seu primeiro intercâmbio de um mês em Toronto no Canadá.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.